SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue4A relação entre educação pré-primária, salários, escolaridade e proficiência escolar no BrasilRevisitando a função de reação fiscal no Brasil pós-Real: uma abordagem de mudanças de regime author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Estudos Econômicos (São Paulo)

Print version ISSN 0101-4161

Abstract

JARDIM, Eduardo Ferreira; LICHAND, Guilherme  and  GALA, Paulo. Microfundamentos da Macroeconomia: notas críticas. Estud. Econ. [online]. 2009, vol.39, n.4, pp. 851-871. ISSN 0101-4161.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-41612009000400006.

A partir da década de 70 presencia-se o reaparecimento da microfundamentação na Economia, acompanhada de uma mudança de atitude do mainstream que passa a encarar a formalização e a microfundamentação como critérios de seleção entre conhecimento científico e não científico na Macroeconomia. Tal mudança tem levado a um gradual distanciamento entre a teoria e a prática que tem se mostrado nocivo para a Ciência Econômica. Este artigo procura criticar a microfundamentação da macro partindo de duas bases: primeiro, através da revisão do que convencionamos chamar de críticas internas à microfundamentação, relacionadas às distorções provenientes do reducionismo e da opção pelo agente representativo na elaboração de modelos econômicos; e, segundo, mediante críticas externas, focalizando a impossibilidade de se criar critérios a priori de seleção de teorias, devido à inexistência de fundamentos únicos e perenes para o conhecimento. Por fim, a perspectiva pragmática é apresentada como uma possível alternativa.

Keywords : Microfundamentos; Macroeconomia; Pragmatismo; critérios de seleção; Metodologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese