SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número4Investment specific technological progress and structural changeO modelo Z-D e a função emprego: descrições gráficas à luz da Teoria Geral de Keynes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Econômicos (São Paulo)

versão impressa ISSN 0101-4161

Resumo

LUCINDA, Claudio R. Competition in the Brazilian loan market: an empirical analysis. Estud. Econ. [online]. 2010, vol.40, n.4, pp.831-858. ISSN 0101-4161.  https://doi.org/10.1590/S0101-41612010000400004.

Neste artigo, o objetivo é rever os testes empíricos existentes para o grau de competição no setor bancário brasileiro, assim como propor algumas alternativas. Após a descrição do ambiente institucional do sistema bancário brasileiro, os testes sobre a competição, presentes na literatura, foram revisados, começando com o proposto por Panzar e Rosse (1987). A principal conclusão que pode ser extraída desta análise é que o mercado não aparenta estar em equilíbrio de longo prazo, indicando que o mercado não é regido por condições de colusão perfeita. O passo seguinte foi tentar uma nova metodolodia aplicada por Moreno, Martínez e Ruiz (2006) para o mercado bancário espanhol. Nesta metodologia, em que a hipótese de igualdade dos parâmetros de conduta entre empresas e ao longo do tempo é relaxada, os resultados indicam que, para algumas empresas e em alguns instantes do tempo, uma conduta coo-perativa está presente.

Palavras-chave : competição bancária.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons