SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número2Perception of racism in Rio de Janeiro"What the king hasn't seen": popular music and nationality in Rio de Janeiro during the First Republic índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Estudos Afro-Asiáticos

versión impresa ISSN 0101-546Xversión On-line ISSN 1678-4650

Resumen

SILVA, Joselina da. A União dos Homens de Cor: aspectos do movimento negro dos anos 40 e 50. Estud. afro-asiát. [online]. 2003, vol.25, n.2, pp.215-235. ISSN 0101-546X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-546X2003000200002.

O objetivo deste texto é discutir a respeito de algumas estratégias organizativas empregadas pela União dos Homens de Cor (UHC) - grupo fundado em Porto Alegre em 1943 e que cinco anos mais tarde se ramificava por mais dez estados da Federação -, em diferentes partes do território nacional através dos periódicos da imprensa negra. Este é um exercício teórico na direção de uma análise sobre a construção e de uma identidade racial negra no Brasil, entre os anos 40 e 50, tendo como estudo de caso a UHC. Em primeiro lugar, é delineada a organização dos negros nos anos 40 e 50, numa perspectiva etnográfica e daí são apresentadas algumas reflexões sobre a UHC. Neste sentido este texto pretende contribuir para com o debate que situa as organizações do Movimento Social dos Negros no tempo sócio-histórico em que estejam localizadas.

Palabras clave : União dos Homens de Cor; movimento negro; movimento social; negros; anti-racismo; identidade racial; Teatro Experimental do Negro.

        · resumen en Inglés | Francés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons