SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número6Triexifenidila: caracterização de seu consumo abusivo por um grupo de usuários na cidade de São Paulo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo)

versão impressa ISSN 0101-6083versão On-line ISSN 1806-938X

Resumo

COELHO, Lucia Maria Salvia  e  FAZZANI NETO, Roberto. Análise patogenética dos distúrbios cognitivos em esquizofrênicos confusionais (Kleist) por meio da prova de Rorschach. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2003, vol.30, n.6, pp.191-206. ISSN 1806-938X.  https://doi.org/10.1590/S0101-60832003000600002.

Os autores discorrem a respeito das características das formas esquizofrênicas denominadas por Kleist como grupo confusional, diferenciando-o do grupo paranóide. Apresentam quatro casos que, segundo a sistematização feita por Aníbal Silveira, foram considerados inicialmente as formas do grupo confusional: embotamento incoerente, esquizofrenia paralógica, fantasiofrenia e esquizofasia. A partir de uma perspectiva cognitivo-sistêmica, apoiada em conceitos da neuropsicologia, apresentam a análise dos processos cognitivos de cada quadro clínico, estudados por meio do psicodiagnóstico de Rorschach, enfatizando as alterações relacionadas aos diversos sistemas psíquicos, característicos a cada caso. Os autores têm como objetivo evidenciar a contribuição que o exame psíquico efetuado pelo exame de Rorschach pode trazer para o estudo experimental dos processos mentais e suas diversas formas de comprometimento.

Palavras-chave : Cognição; Esquizofrenia; Processos mentais; Rorschach.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons