SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 suppl.1Transtorno bipolar do humor e uso indevido de substâncias psicoativasAbordagens psicoterápicas no transtorno bipolar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo)

versão impressa ISSN 0101-6083versão On-line ISSN 1806-938X

Resumo

QUARANTINI, Lucas de Castro; SENA, Eduardo Pondé de  e  OLIVEIRA, Irismar Reis de. Tratamento do transtorno esquizoafetivo. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2005, vol.32, suppl.1, pp.89-97. ISSN 1806-938X.  https://doi.org/10.1590/S0101-60832005000700013.

O tratamento farmacológico do transtorno esquizoafetivo (TE) é usualmente realizado com antipsicóticos, estabilizadores do humor e antidepressivos. Verifica-se a falta de estudos epecificamente desenhados para avaliar a resposta de pacientes esquizoafetivos à medicação. Portanto, as informações sobre o tratamento de pacientes com TE são derivadas de bancos de dados de paciente com esquizofrenia e transtornos bipolares. Dados de pesquisa apóiam a idéia de um continuum entre os transtornos bipolares e a esquizofrenia. As duas condições podem ser tratadas com antipsicóticos, o que pode refletir uma base fisiopatológica comum para ambas.

Palavras-chave : Transtorno esquizoafetivo; esquizofrenia; transtornos bipolares; tratamento.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons