SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue6Efficacy of milnacipran in outpatients experiencing major depression non respondent to SSRIs: a 12-week open studyTrichotillomania author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Archives of Clinical Psychiatry

Print version ISSN 0101-6083

Abstract

PAULA, Jonas Jardim de et al. Propriedades psicométricas de um protocolo neuropsicológico breve para uso em populações geriátricas. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2010, vol.37, n.6, pp. 251-255. ISSN 0101-6083.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832010000600002.

CONTEXTO: O aumento na expectativa de vida e na proporção de idosos na população tem acarretado elevação nas taxas de prevalência de demências. O diagnóstico correto da demência é muito importante para o tratamento clínico e para um melhor prognóstico. Por isso, é necessário adaptar e desenvolver instrumentos para o diagnóstico diferencial entre os processos de envelhecimento normal e patológico. OBJETIVO: Avaliar as propriedades psicrométricas e a estrutura fatorial de um protocolo neuropsicológico usado para avaliação geriátrica. MÉTODO: Pacientes (n = 69) com queixas cognitivas heterogêneas foram avaliados no Núcleo de Geriatria e Gerontologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, a partir de um protocolo composto pelo Miniexame do Estado Mental, Desenho do Relógio, Cubos de Corsi, Fluência Verbal, Span de Dígitos e Token Test. A análise estatística incluiu análise fatorial dos resultados dos testes, correlação de Pearson entre o fator obtido e a idade, escolaridade, anos de educação formal e a Classificação Clínica das Demências (CDR) e a área sob a curva ROC. RESULTADOS: A análise fatorial dos escores do teste mostrou um fator geral representativo que teve associação moderada e significativa com o CDR (r = -0,672; p < 0,001) e anos de educação formal (r = 0,455; p < 0,001). Esse fator teve fraca, mas significativa, correlação com a idade (r = -0,282; p < 0,05). CONCLUSÃO: Esses resultados apontam para uma boa validade de construto e de critério do protocolo na avaliação do declínio cognitivo de idosos. Estudos futuros sobre aplicabilidade e normas populacionais são necessários para aprimorar o uso clínico desse protocolo de avaliação.

Keywords : Avaliação neuropsicológica; saúde geriátrica; demência; cognição.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese