SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue6From Freud's theories to brain function: integrating psychoanalysis and neurophysiologyDevelopmental and acquired dysexecutive syndromes in clinical practice: three case-reports author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Psiquiatria Clínica

Print version ISSN 0101-6083

Abstract

CANTILINO, Amaury; ZAMBALDI, Carla Fonseca; SOUGEY, Everton Botelho  and  RENNO JR., Joel. Transtornos psiquiátricos no pós-parto. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2010, vol.37, n.6, pp. 288-294. ISSN 0101-6083.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832010000600006.

OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmente, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto a partir de artigos encontrados no PubMed e no SciELO entre os anos de 2000 e 2009. Livros, teses e outros artigos considerados relevantes citados no material consultado também foram incluídos. RESULTADOS: A disforia puerperal ocorre em 50% a 85% das mulheres, o quadro é leve e transitório e não requer tratamento. A depressão pós-parto tem prevalência em torno de 13%, pode causar repercussões negativas na interação mãe-bebê e em outros aspectos da vida da mulher e deve ser tratada. A psicose pós-parto é rara, aparecendo em cerca de 0,2% das puérperas. Tem quadro grave que envolve sintomas psicóticos e afetivos, havendo risco de suicídio e infanticídio e geralmente requerendo internação hospitalar. Os transtornos ansiosos podem ser exacerbados ou precipitados no pós-parto, especialmente o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno de estresse pós-traumático e o transtorno obsessivo-compulsivo. CONCLUSÃO: Apesar de não serem reconhecidos como entidades diagnósticas pelos sistemas classificatórios atuais, os transtornos mentais no puerpério apresentam peculiaridades clínicas que merecem atenção por parte de clínicos e pesquisadores.

Keywords : Transtornos psiquiátricos; pós-parto; depressão; ansiedade; psicose.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese