SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue6 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo)

Print version ISSN 0101-6083

Abstract

CORDAS, Táki Athanássios  and  MARCHETTI, Renato Luiz. Quem tem medo de Virginia Woolf?: psicopatologia, tempo e criatividade em Mrs. Dalloway. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2011, vol.38, n.6, pp.261-264. ISSN 0101-6083.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832011000600009.

CONTEXTO: Há um crescente interesse na relação entre transtornos psiquiátricos, particularmente transtorno bipolar do humor e criatividade. OBJETIVOS: Explorar a presença de aspectos ligados à vida pessoal e à história médica da autora inglesa Virginia Woolf, portadora de um transtorno do humor bipolar grave, em sua obra literária. MÉTODOS: Foi utilizado como objeto de pesquisa um de seus livros mais importantes, Miss Dalloway, frequentemente citado como paradigmático do romance moderno. RESULTADOS: A exploração de conceitos como a vivência do tempo e aspectos de suas experiências delirantes durante as fases da doença são descritos e analisados dentro de contexto psicopatológico. CONCLUSÃO: O brilhantismo artístico do uso de experiências pessoais vividas durante períodos de sua doença em Miss Dalloway não apenas enaltece a obra de Virginia Woolf, como abre interessante exemplo para o estudo da relação arte-doença mental, ainda pouco explorado na obra da autora.

Keywords : Romance; modernidade; pós-modernidade; criatividade; transtorno bipolar.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License