SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue80The Brazilian elementary educational system: the hitch in assessment?The internalization of exclusion author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Educação & Sociedade

Print version ISSN 0101-7330

Abstract

GOMES, Alfredo Macedo. Política de avaliação da educação superior: controle e massificação. Educ. Soc. [online]. 2002, vol.23, n.80, pp. 275-298. ISSN 0101-7330.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302002008000014.

O artigo analisa a política de avaliação implantada pelo Ministério da Educação a partir de 1995, que se materializa por intermédio do Exame Nacional de Cursos (ENC) e da Avaliação das Condições de Oferta de Cursos de Graduação. Argumenta-se que uma política de avaliação não deve caracterizar-se apenas pela contribuição que pode oferecer ao entendimento das características específicas de procedimentos avaliativos, mas deve, sobretudo, distinguir-se pela contribuição à compreensão crítica dos impactos e usos da avaliação e dos seus resultados como instrumento de exercício (e disputa) do poder no campo educacional. Dessa forma, é argumentado que uma política de avaliação nunca é destituída de vínculos estratégicos com a organização do sistema de ensino, com a sua dinâmica funcional e, igualmente, com os objetivos principais do projeto político para a área de educação que o grupo no poder busca realizar. Este é o caso da atual política de avaliação para o ensino superior brasileiro, que, por um lado, desempenha papel central na lógica organizativo-funcional do atual sistema de educação superior e, por outro, tornou-se o instrumento por excelência da política oficial para promover a massificação da educação superior via financiamento privado e desenvolver um moderno mercado da educação superior no Brasil.

Keywords : Política educacional; Avaliação; Educação superior; Massificação; Coordenação e controle.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese