SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue83Adorno and the musical education through radio broadcastsAcademic elites and the schooling of their children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Educação & Sociedade

Print version ISSN 0101-7330On-line version ISSN 1678-4626

Abstract

FABIANO, Luiz Hermenegildo. Adorno, arte e educação: negócio da arte como negação. Educ. Soc. [online]. 2003, vol.24, n.83, pp.495-505. ISSN 0101-7330.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-73302003000200010.

O eixo temático desta investigação trata de compreender que a obra de arte corporifica na sua forma interna uma autonomia relativa com relação à realidade empírica sobre a qual se torna reflexão crítica. Ao se caracterizar como mediação com a realidade social que a produziu, a arte é por isso mesmo a sua negação. É esse princípio de negação determinada, em que se condensam na obra de arte as antinomias e os antagonismos como antíteses da sociedade enquanto problema de sua forma interna, o elemento ao qual Theodor W. Adorno atribui dimensão epistemológica. Nessa categoria do conhecimento assim concebida, pela perspectiva estética, a razão instrumental como práxis brutal da sobrevivência é concretamente questionada na sua forma restritiva de conhecimento.

Keywords : Arte; Estética; Mediação; Negação; Razão instrumental.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License