SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número137LIMITAÇÕES DA PARTICIPAÇÃO E GESTÃO “DEMOCRÁTICA” NA REDE ESTADUAL PAULISTAESCOLAS DE LUTA, EDUCAÇÃO POLÍTICA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação & Sociedade

versão impressa ISSN 0101-7330versão On-line ISSN 1678-4626

Resumo

CORTI, Ana Paula de Oliveira; CORROCHANO, Maria Carla  e  SILVA, José Alves da. “OCUPAR E RESISTIR”: A INSURREIÇÃO DOS ESTUDANTES PAULISTAS. Educ. Soc. [online]. 2016, vol.37, n.137, pp.1159-1176. ISSN 0101-7330.  http://dx.doi.org/10.1590/es0101-73302016167337.

O artigo sugere rumos para a interpretação das ocupações juvenis nas escolas estaduais paulistas ocorridas em 2015. Tratando-se de evento recente, o estudo foi baseado no levantamento de fontes secundárias, como jornais e revistas, redes sociais e publicações acadêmicas. As mudanças na rede estadual resultaram em aumento no número de jovens, e ficaram evidentes as tensões e os desencontros entre a escola e os segmentos juvenis, também destacados por significativa literatura acadêmica. Por fim, realizou-se uma análise das ocupações estudantis como modalidade de ação coletiva que interroga as políticas educacionais e a cultura escolar a partir de novas estratégias e linguagens, distintas dos mecanismos tradicionais da democracia representativa.

Palavras-chave : Movimento estudantil; Ações coletivas; Ocupações de escolas; Reorganização escolar; Jovens.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )