SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Mood and psychosis in schizophrenia: exploring diagnostic frontiers with the Operational Criteria Checklist for Psychotic Illness (OPCRIT) and John Nash caseSemantic equivalence of the Portuguese version of the Post-Traumatic Stress Disorder Checklist - Civilian Version (PCL-C) for the screening of post-traumatic stress disorder author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

STEIN, Airton Tetelbom et al. Transtorno de estresse pós-traumático em uma unidade de saúde de atenção primária. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2004, vol.26, n.2, pp.158-166. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082004000200005.

INTRODUÇÃO: O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) caracteriza-se pelo desenvolvimento de sintomas como a re-experienciação do evento traumático (pesadelos, idéias intrusivas, sintomas somáticos relacionados ao momento do trauma), evitação e embotamento (evitar situações, pessoas ou comportamentos que relembrem o trauma e ter dificuldade para lidar com novas situações ou sentimentos) e excitabilidade aumentada (insônia, irritação, dificuldade de concentração e um estado permanente de alerta e sobressalto). É importante saber a freqüência do transtorno numa comunidade pobre. OBJETIVO: Identificar a freqüência de TEPT e a presença de sintomas depressivos e alcoolismo em um serviço de atenção primária. METODOLOGIA: O estudo ocorreu na Unidade de Saúde Divina Providência, do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição. Realizou-se uma amostragem aleatória dos pacientes que consultaram no posto. Foram aplicados instrumentos para a identificação de TEPT, sintomas depressivos, alcoolismo e perfil sociodemográfico. RESULTADOS: Dos 54 pacientes entrevistados, 83,3% eram mulheres, e a média da idade foi de 39 anos. Os sintomas depressivos severos foram identificados em 28% dos pacientes; 59% tinham o critério de TEPT e 12,5% apresentavam problemas com álcool. CONCLUSÕES: A amostra do sexo feminino foi predominante e houve uma elevada prevalência de TEPT.

Keywords : Transtorno de estresse pós-traumático; atenção primária; alcoolismo.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License