SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue3Clinical features and family history in obsessive-compulsive outpatientsTranslation and adaptation of North American questionnaires for the assessment of skills and knowledge in the Brazilian psychiatric practice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

PRIMO, Newton Luiz Numa Peixoto  and  STEIN, Airton Tetelbom. Prevalência do abuso e da dependência de álcool em Rio Grande (RS): um estudo transversal de base populacional. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2004, vol.26, n.3, pp.280-286. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082004000300005.

INTRODUÇÃO: O consumo de álcool é um problema de saúde pública muito relevante. O objetivo do presente estudo foi identificar a prevalência de alcoolismo e explorar possíveis fatores que contribuam para esse hábito. METODOLOGIA: Foi realizado um estudo transversal de base populacional no município de Rio Grande (RS), constando de uma amostra de 1.044 indivíduos, de ambos sexos, com idade entre 12 e 75 anos. Definiu-se dependência de álcool pelo questionário CAGE, e o abuso de álcool foi caracterizado pelo consumo de 30 ou mais gramas por dia para homens e 24 ou mais gramas por dia para mulheres. Para controlar o efeito de fatores de confusão, procedeu-se a uma análise multivariada por regressão logística. RESULTADOS: 5,5% dos indivíduos abusavam de álcool, dos quais 2,5% eram dependentes. Após controle por possíveis fatores de confusão, identificou-se uma associação significativa entre alcoolismo e as seguintes variáveis: sexo masculino (razão de chances - RC = 6,28), tabagismo (RC = 5,42) e classe social E (RC = 5,37). CONCLUSÃO: Os resultados identificaram as dificuldades de se realizar um estudo de base populacional sobre alcoolismo e revelaram que homens que fumam e são de classe social mais baixa têm uma chance maior de apresentar problemas vinculados ao álcool. A prevalência de abuso de álcool em Rio Grande foi de 5,5%, e de dependência, 2,5%.

Keywords : Álcool; abuso; dependência; epidemiologia; estudo transversal; atenção primária.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License