SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue1Focus, structure and content of integrative interpretation in long term group psychotherapy (GP)Aspects of consultation-liaison psychiatry at trauma hospitals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

MARUCCO, Norberto C.. Processo analítico e "historicização" no imediatismo da cultura: contribuições para uma psicanálise contemporânea. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2005, vol.27, n.1, pp.63-68. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082005000100008.

O autor descreve as relações entre a psicanálise e a cultura, mais precisamente a tendência ao imediatismo que a cultura atual instaura frente à idéia de processo. Diante das exigências provenientes da cultura (tempo e dinheiro, tempo e eficácia), é possível que a psicanálise se desvincule dela? E, se o faz, não estaria ajudando a gerar as terapias alternativas? Acredita que a nova crise que a psicanálise atravessa atualmente obedece às dificuldades e tentativas de dar conta dos efeitos da cultura, em uma sociedade consumista que aboliu o valor da palavra e já não tem tempo para pensar nem para pensar-se. Para isso, o autor acredita que é necessário repensar a psicanálise, não só em torno da noção de processo, mas também do que ele denominou ato analítico. Faz reflexões sobre o analisado e o analista de hoje, e também faz considerações metapsicológicas e técnicas referentes ao conceito de ato analítico, junto à idéia de processo. Com relação ao primeiro aspecto, o autor acredita que o analisado de hoje não "cumpre" com as expectativa clássicas da técnica. Quanto ao segundo, pensa que seja possível que a continuação destes atos analíticos se transforme em um processo analítico: quando um ato analítico possibilita o descobrimento de uma falsa ligação, a correção de um deslocamento temporal e de pessoa, estará estimulando, no sujeito que sofre, o interesse sobre seu próprio funcionamento psíquico. Conclui dizendo que o problema da cura analítica com relação às exigências da cultura atual é definido em um ponto essencial: a psicanálise deve montar um enquadramento suficientemente amplo para que a força transformadora da pulsão encontre sua representação.

Keywords : Psicanálise; cultura; historicização; processo analítico.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License