SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue1Comparison of mental health assistance in primary care settings with or without Family Health Program teamK-CPT in a Brazilian sample: description of performance and comparison with North American norms author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

SERAFINI, Adriana Jung  and  BANDEIRA, Denise Ruschel. Jovens vivendo com HIV/AIDS: a influência da rede de relações, do coping e do neuroticismo sobre a satisfação de vida. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2009, vol.31, n.1, pp. 51-59. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082009000100010.

OBJETIVOS: Verificar o efeito das variáveis rede de relações, neuroticismo e estratégias de coping sobre a variável satisfação de vida em jovens soropositivos. Também buscou-se apresentar um perfil descritivo da amostra para as variáveis investigadas. MÉTODO: Participaram 45 jovens soropositivos, com média de idade de 18,7 anos (desvio padrão = 2,7), procedentes de três centros de atendimento da Grande Porto Alegre. Os instrumentos utilizados foram um questionário de dados sociodemográficos, a Escala Multidimensional de Satisfação de Vida para Adolescentes, o Inventário de Rede de Relações, o Inventário de Estratégias de Coping e a Escala Fatorial de Ajustamento Emocional/Neuroticismo. Os dados dos instrumentos foram analisados através de análises de covariância e de variância multivariadas e análise de regressão múltipla. RESULTADOS: De forma geral, o nível de satisfação de vida dos jovens portadores do vírus HIV é bom, porém há um certo declínio na satisfação com as amizades. Em relação às estratégias de coping, as médias entre elas foram semelhantes. Níveis altos de neuroticismo foram evidenciados nos participantes, em especial no que se refere ao fator depressão. Esse foi o fator que melhor predisse a satisfação de vida total da amostra. CONCLUSÕES: Pode-se perceber onde residem as maiores dificuldades desse grupo e, dessa forma, elaborar programas de intervenção efetivos.

Keywords : HIV; qualidade de vida; estresse; personalidade; relações interpessoais; adolescentes.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in Portuguese