SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue2Parent-infant psychotherapy in the context of malformation: implications on the mother's perception about the baby's development author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

SALUM, Giovanni Abrahão; BLAYA, Carolina  and  MANFRO, Gisele Gus. Transtorno do pânico. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2009, vol.31, n.2, pp. 86-94. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082009000200002.

OBJETIVOS: Revisar o transtorno do pânico (TP), considerando seus aspectos clínicos, epidemiológicos, diagnósticos e etiológicos, bem como os avanços no tratamento, uma vez que o TP é uma entidade nosológica acompanhada de importante prejuízo psíquico e funcional. MÉTODO: Foi realizada uma revisão narrativa da literatura nas principais bases de dados existentes (MEDLINE, PsychINFO e SciELO) e em livros-textos atualizados. RESULTADOS: Devido à sintomatologia predominantemente física desse transtorno, os pacientes geralmente procuram vários atendimentos clínicos até que o diagnóstico seja feito. Em função desses aspectos e da sua cronicidade, o TP está associado a elevados custos econômicos. O tratamento do TP pode ser feito com psicoterapia e/ou psicofármacos. As diversas abordagens terapêuticas são apresentadas com o nível de evidência de cada recomendação. Em virtude da cronicidade e morbidade do TP, pesquisas têm se voltado para o estudo de estratégias de prevenção já na infância. CONCLUSÕES: O TP é um transtorno crônico e com baixas taxas de remissão dos sintomas em longo prazo. Sendo assim, sugere-se que sejam delineados novos estudos para tratamento precoce dos transtornos de ansiedade ou mesmo para prevenção em crianças de risco.

Keywords : Transtorno do pânico; transtornos de ansiedade; diagnóstico; tratamento; farmacoterapia; psicoterapia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in Portuguese