SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue2A qualitative analysis on what Brazilian psychiatrists expect from current diagnostic classificationsTranslation into Portuguese and content validation of the Social Rhythm Metric-17 (SRM-17) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

Print version ISSN 0101-8108

Abstract

ZENI, Taís Cardoso de  and  ARAUJO, Renata Brasil. O relaxamento respiratório no manejo do craving e dos sintomas de ansiedade em dependentes de crack. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2009, vol.31, n.2, pp. 116-119. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082009000200006.

INTRODUÇÃO: O objetivo deste estudo foi verificar a efetividade do relaxamento respiratório no manejo do craving e dos sintomas de ansiedade em dependentes de crack internados para tratamento em uma unidade de desintoxicação. MÉTODO: Ensaio clínico do tipo quase-experimental de análise quantitativa. A amostra foi por conveniência, sendo composta por 32 homens dependentes de cocaína (crack). Eles tinham a cocaína como a droga de escolha e haviam utilizado esta substância por última vez entre 2 e 3 semanas antes do início do tratamento, conseguindo realizar a técnica do relaxamento respiratório adequadamente do ponto de vista biomecânico. Os instrumentos aplicados foram: Cocaine Craving Questionnaire-Brief (CCQB), escala analógica visual (EAV), Inventário Beck de ansiedade (BAI) e ficha com dados sociodemográficos e referentes ao padrão de consumo de substâncias psicoativas (FDS). Foi realizada uma intervenção em grupo na qual, inicialmente, foram aplicados o CCQB, a EAV e o BAI. Depois, foram apresentadas imagens relacionadas ao uso do crack e foram reaplicados os mesmos instrumentos. A seguir, foi realizado o relaxamento respiratório durante 10 minutos e foram aplicados, pela terceira vez, os instrumentos. Após esta intervenção, foi realizada uma entrevista individual com aplicação da FDS. RESULTADOS: Os resultados desta pesquisa demonstraram uma redução dos escores do CCQB, da EAV e do BAI pelo relaxamento respiratório em uma amostra cujo perfil corresponde ao padrão geral dos usuários de crack. CONCLUSÃO: Este estudo, apesar de ter algumas limitações metodológicas, sugere que o relaxamento respiratório pode ser uma estratégia efetiva no manejo do craving e dos sintomas de ansiedade em dependentes de crack.

Keywords : Cocaína crack; síndrome de abstinência a substâncias; ansiedade.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in Portuguese