SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Atividades físicas de lazer e transtornos mentais comuns em jovens de Feira de Santana, BahiaPreditores de não aderência ao tratamento na psicoterapia psicanalítica de crianças índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul

versão impressa ISSN 0101-8108

Resumo

LOPEZ, Mariane Ricardo Acosta et al. Depressão e qualidade de vida em jovens de 18 a 24 anos no sul do Brasil. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul [online]. 2011, vol.33, n.2, pp. 103-108.  Epub 08-Abr-2011. ISSN 0101-8108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-81082011005000001.

OBJETIVO: Investigar a associação entre depressão e qualidade de vida em jovens de 18 a 24 anos de idade. MÉTODO: Estudo transversal de base populacional, composto por 1.560 jovens de 18 a 24 anos residentes na zona urbana de Pelotas (RS). A seleção amostral foi realizada por conglomerados: da divisão censitária de 448 setores, 97 foram sorteados aleatoriamente. A avaliação da depressão foi realizada através do Mini-International Neuropsychiatric Interview (MINI), e a qualidade de vida foi mensurada pela Medical Outcomes Study Short-Form General Health Survey (SF-36), ambos validados para uso em língua portuguesa. RESULTADOS: A prevalência de depressão foi de 12,6%. A média dos escores de qualidade de vida entre os oito domínios do SF-36 foi menor entre os jovens com depressão, apresentando associação significativa no teste t para todos os domínios (p = 0,000). CONCLUSÃO: Jovens com indicativo de depressão apresentaram menores níveis de qualidade de vida nos domínios explorados.

Palavras-chave : Depressão; qualidade de vida; adulto jovem; estudos transversais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português