SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue2Medieval political theories and principles of construction of unitThe mass and the factory: attempts to control the spaces of São Paulo churches by their colonial bishops (1745 -1796) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

História (São Paulo)

On-line version ISSN 1980-4369

Abstract

DALIO, Danilo José  and  MIYAMOTO, Shiguenoli. O Brasil e a Conferência de Washington (1951). História [online]. 2009, vol.28, n.2, pp. 57-78. ISSN 1980-4369.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-90742009000200004.

A década de 1940 representou o auge e o declínio do paradigma das "relações especiais" Brasil - Estados Unidos, predominante por quase meio século na política exterior brasileira. Após a experiência bem sucedida de colaboração durante a segunda guerra mundial, o Brasil enfrentou um período de frustração e desapontamento nas suas relações com o governo de Washington. Emergindo como potência hegemônica, os sucessivos governos norte-americanos constituíram interesses e objetivos globais na nova ordem internacional, pouco restando para o atendimento das demandas dos países latino-americanos. A IV Reunião de Consulta dos Chanceleres Americanos, realizada em Washington, entre março e abril de 1951, explicitou não apenas o dissídio de objetivos e interesses entre os Estados Unidos e os países latino-americanos no pós-guerra, mas também o surgimento de uma nova perspectiva de relacionamento dentro do continente, pautada em negociações realistas e pragmáticas, sobretudo por parte do Brasil.

Keywords : Conferência de Washington; Relações Brasil - Estados Unidos; Política Externa Brasileira; América Latina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese