SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número69Os perigos dos Negros Brancos: cultura mulata, classe e beleza eugênica no pós-emancipação (EUA, 1900-1920)Relações Igreja-Estado em uma cidade operária durante a ditadura militar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de História

versão impressa ISSN 0102-0188versão On-line ISSN 1806-9347

Resumo

ABREU, Martha. O legado das canções escravas nos Estados Unidos e no Brasil: diálogos musicais no pós-abolição. Rev. Bras. Hist. [online]. 2015, vol.35, n.69, pp.177-204. ISSN 1806-9347.  http://dx.doi.org/10.1590/1806-93472015v35n69009.

O objetivo maior do artigo é trazer para o campo dos estudos históricos do pós-abolição uma recente reflexão sobre o legado da canção escrava - ou do "som do cativeiro" - nos Estados Unidos e no Brasil. A estratégia, mais do que evidenciar as conhecidas diferenças entre os dois países, é destacar os possíveis diálogos e aproximações em torno das disputas e significados desse legado. Como recurso, além da historiografia especializada, utilizo as avaliações de dois exemplares intelectuais, do final do século XIX, que tiveram contato com as canções dos descendentes de escravos nas Américas e refletiram sobre os seus sentidos políticos: Du Bois e Coelho Netto. Suas avaliações inseriam-se num contexto mais amplo de internacionalização da música negra e de projeção dos músicos negros no pós-abolição.

Palavras-chave : canções escravas; música negra; pós-abolição; Brasil; Estados Unidos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )