SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Crescimento e produção de alcalóides totais de quebra-pedra em função da calagem e da adubação nitrogenadaAvaliação de linhagens de melão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

TERUEL, Bárbara J.; CORTEZ, Luís A. B.  e  NEVES FILHO, Lincoln C.. Contêiner refrigerado: uma alternativa para a conservação pós-colheita de alface tipo americano. Hortic. Bras. [online]. 2000, vol.18, n.2, pp.104-108. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362000000200005.

A refrigeração é um excelente método para o armazenamento prolongado de produtos frescos. O uso de contêineres na agricultura é uma tecnologia simples e de fácil utilização que permite a manutenção da qualidade de produtos frescos, como frutas e hortaliças e a diminuição das perdas pós-colheita. Neste trabalho foram desenvolvidos uma série de experimentos com um contêiner frigorífico submetido a dois regimes de operação: vazio e com produto. Foram avaliadas as seguintes variáveis: temperatura, velocidade e umidade relativa do ar, além da pressão do sistema de refrigeração. Foi determinado o tempo de meio resfriamento de alface tipo americano (Latuca sativa L.), submetido a uma temperatura de 1ºC. Nas superfícies que recebem maior radiação solar o desvio da temperatura é de 1,5 ± 1ºC, com respeito às paredes que recebem menor radiação. A velocidade do ar variou de 2,1; 1,7 e 0,3 m/s, nos três planos estudados. O tempo de meio resfriamento da carga de alface variou entre 530 min (» 8 h), e 1.080 min (» 18 h), dependendo da posição das cabeças de alface no interior do contêiner. A umidade relativa do ar foi de 81-86% ± 1% e de 90-91 ± 1%, para o contêiner vazio e com carga, respectivamente.

Palavras-chave : Latuca sativa L.; armazenamento; refrigeração; eficiência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons