SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Adubação orgânica na produção de pimentãoEficiência de diferentes bicos e volumes de calda no controle de tripes em cebola índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

LEDO, Francisco J. da S.; SOUSA, João A. de  e  SILVA, Marcos R. da. Avaliação de cultivares e híbridos de repolho no Estado do Acre. Hortic. Bras. [online]. 2000, vol.18, n.2, pp.138-140. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362000000200013.

O objetivo do trabalho foi avaliar a produtividade e a qualidade de duas cultivares de polinização aberta (Louco de Verão e União) e nove cvs. híbridas de repolho (Caribe, Fuyutoyo, Kenzan, Master AG-325, Matsukaze, Rookie, Saikô, Sooshu e YR Park), na época seca. O ensaio foi realizado no campo experimental da Embrapa Acre, em Rio Branco-AC, no período de junho a outubro de 1996, em um solo do tipo Argissolo Vermelho-Escuro, textura argilosa. As parcelas foram compostas de duas fileiras de dez plantas, espaçadas de 0,80 m entre elas e de 0,40 m entre plantas. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com três repetições. Foram avaliadas a produção total e o peso médio das cabeças, índice de formato, relação C/D (comprimento do coração/diâmetro longitudinal), compacidade da cabeça, ciclo de colheita e porcentagem de cabeças apresentando podridão bacteriana. Os híbridos Saikô, Fuyutoyo, Sooshu e YR Park apresentaram as maiores produções total de cabeças (41,8, 41,3, 39,3 e 38,7 t/ha, respectivamente), enquanto 'Louco de Verão', 'Fuyutoyo', 'Saikô', 'Sooshu', 'Master AG-325', 'Caribe' e 'YR Park' resultaram em maiores pesos médios de cabeças, com médias variando de 1410 a 1632 g. Os híbridos YR Park e Sooshu apresentaram cabeças achatadas e os demais, levemente achatadas, com índice de formato variando de 0,90 a 0,77. Para a relação C/D, os híbridos Master AG-325, Sooshu, Rookie, Saikô e Fuyutoyo, e a cv. União tiveram os menores valores, variando de 0,48 a 0,57. Com relação à compacidade da cabeça, com exceção do híbrido YR Park, todos os demais tiveram boa compacidade. Os híbridos Sooshu e YR Park apresentaram ciclo de produção mais precoce, com o inicio da colheita aos 63 dias após o transplantio, e 'Rookie', o mais tardio (91 dias). Os híbridos Saikô e Sooshu destacaram-se dos demais, apresentando cabeças com peso, formato, uniformidade, relação C/D e compacidade adequados para a comercialização, sendo considerados promissores para cultivo na época seca em Rio Branco-AC.

Palavras-chave : Brassica oleracea var. capitata L.; híbridos; compacidade; podridão bacteriana.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons