SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Divergência genética em germoplasma de abóbora procedente de diferentes áreas do NordesteModificações microclimáticas sob proteção de polipropileno cultivado com espécies hortícolas em Córdoba, Espanha índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

MELLO, Simone C.; PEREIRA, Hamilton S.  e  VITTI, Godofredo C.. Efeitos de fertilizantes orgânicos na nutrição e produção do pimentão. Hortic. Bras. [online]. 2000, vol.18, n.3, pp.200-203. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362000000300012.

Avaliaram-se os efeitos de três tipos de materiais orgânicos associados com a aplicação de fertilizante mineral NPK sobre a nutrição e produção do pimentão cv. Mayata, cultivado em estufa, na região de Piracicaba (SP). O delineamento experimental foi de blocos casualizados com quatro repetições e seis tratamentos (150 g cova-1 de húmus de turfa + 100% do NPK; 150 g cova-1 de húmus de turfa + 70% do NPK; 100 g cova-1 de húmus de casca de pinus + 100% do NPK; 100 g cova-1 de húmus de casca de pinus + 70% do NPK; 100 g cova-1 de esterco de galinha + 100% do NPK e 100% do NPK). A dose 100% do NPK correspondeu a 100 g cova-1 da fórmula 04-14-08, equivalente a 130-458-262 kg ha-1 de N - P2O5 - K2O. O esterco de galinha + 100% do NPK proporcionou, de modo geral, o maior peso médio de frutos e teor de fósforo nas folhas em relação à adição dos outros materiais orgânicos associados com a adubação mineral. A aplicação dos materiais orgânicos associados com fertilizante mineral NPK não aumentou o peso médio e a produção de frutos em relação à adubação NPK isolada.

Palavras-chave : Capsicum annuum; adubação orgânica; casca de pinus; esterco de galinha; pimentão.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons