SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Características e rendimento de vagem do feijão-vagem em função de fontes e doses de matéria orgânicaProdução de frutos de quiabeiro a partir de mudas produzidas em diferentes tipos de bandejas e substratos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

SANTOS, Paulo Renato Z.; PEREIRA, Arione S.  e  FREIRE, Cláudio José S.. Cultivar e adubação NPK na produção de tomate salada. Hortic. Bras. [online]. 2001, vol.19, n.1, pp.35-39. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362001000100007.

O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito de cultivar, da adubação NPK e da interação desses fatores na produção de tomate salada tutorado. O experimento foi conduzido em Pelotas (RS) no ano agrícola 1995/96. Foram utilizadas cinco cultivares (Flora-Dade, Max, Empire, Pacific e Diva) e três níveis (2,0, 3,5 e 5,0 t/ha) de adubação NPK (3,6-7,2-10). Os tratamentos foram dispostos sob esquema fatorial em delineamento de blocos casualizados, com três repetições. As cultivares Empire e Pacific apresentaram frutos com maior peso médio do que Flora-Dade, Max e Diva. O número de frutos por planta aumentou com a elevação do nível de adubação de 2,0 para 3,5 t/ha, enquanto que o peso médio de frutos diminuiu, sem alterar a produção. As cultivares apresentaram respostas diferenciais aos níveis de adubação, em relação ao peso médio de frutos.

Palavras-chave : Lycopersicon esculentum Mill.; adubo; genótipo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons