SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número3Avaliação do crescimento de Gypsophila paniculata durante o enraizamento in vitroDivergência genética entre acessos de taro utilizando caracteres morfo-qualitativos de inflorescência índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

BOSA, Nair; CALVETE, Eunice Oliveira; KLEIN, Vilson Antônio  e  SUZIN, Marilei. Crescimento de mudas de gipsofila em diferentes substratos. Hortic. Bras. [online]. 2003, vol.21, n.3, pp. 514-519. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362003000300021.

Dentro da horticultura um dos ramos que tem se expandido nos últimos anos é a floricultura, em função de sua rentabilidade. Neste sentido, o estudo e uso dos substratos para produção de mudas torna-se de grande importância, pois da qualidade da muda depende o resultado do produto final. Considerando que a qualidade de um substrato é o resultado de suas propriedades químicas e físicas, efetuou-se a caracterização dos mesmos. Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o crescimento de plantas de Gypsophila paniculata cv. Bristol Fairy em diferentes substratos. Os tratamentos (seis substratos) foram dispostos em delineamento de blocos casualizados, com parcelas subdivididas no tempo, com quatro repetições. Cada parcela constou de 22 plantas, totalizando 588 mudas. Nos substratos, foram efetuadas as análises físico-químicas: densidade seca, porosidade total, espaço de aeração, água disponível, água facilmente disponível, pH, condutividade elétrica e capacidade de troca de cátions. As avaliações nas plantas foram realizadas semanalmente (7-35 dias) e constituíram-se da taxa de sobrevivência, volume de raízes, massa fresca e seca da parte aérea e da raiz. Os resultados indicaram que a característica disponibilidade de água otimiza a aclimatização de Gypsophila paniculata. Os melhores resultados para produção de mudas foram obtidos com os substratos FE1 (perlita + turfa) e FE4 (casca de pinus + perlita + turfa).

Palavras-chave : Gypsophila paniculata; propagação; in vitro; aclimatização.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português