SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número4Características produtivas de cultivares de cebola no Sul de Minas GeraisEfeito de espécies vegetais em bordadura em cebola sobre a densidade populacional de tripes e sirfídeos predadores índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

CARVALHO, Luciana M. de; CASALI, Vicente Wagner D.; SOUZA, Márcio A. de  e  CECON, Paulo R.. Disponibilidade de água no solo e crescimento de artemísia. Hortic. Bras. [online]. 2003, vol.21, n.4, pp.726-730. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362003000400032.

Plantas de artemísia (Tanacetum parthenium L. Schultz-Bip.), cultivadas em vasos com substrato mantido na capacidade de campo, a 90%, a 70% e a 50% da capacidade de campo foram comparadas quanto à altura, acúmulo de massa fresca na parte aérea, teor relativo de clorofila e teor de prolina. O teor relativo de clorofila foi estimado por meio do clorofilômetro SPAD-502, enquanto o teor de prolina foi determinado por colorimetria. Verificou-se reduções de 16% na altura e de 22,5% no acúmulo de massa fresca nas plantas crescidas a 50% da capacidade de campo, em relação àquelas crescidas a 90% da capacidade de campo. O teor relativo de clorofila nas folhas, em quaisquer dos níveis hídricos, decresceu com o tempo, indicando tendência à senescência. Apesar da redução contínua nos níveis de clorofila, as plantas mantidas a 50% da capacidade de campo tiveram, durante todo o tempo acompanhado, teor relativo de clorofila cerca de 30% mais alto comparado às plantas mantidas a 90% da capacidade de campo. O teor de prolina também foi maior nessas plantas, indicando ocorrência de estresse por deficiência hídrica e ajuste osmótico. O maior teor relativo de clorofila e de prolina nas folhas expandidas das plantas sob deficiência hídrica pode ser utilizado como indicativo de estresse.

Palavras-chave : Tanacetum parthenium; planta medicinal; estresse hídrico; deficiência hídrica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons