SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número4Crescimento e índices de troca gasosa em plantas de pepino irrigadas com água enriquecida com CO2Efeito do momento de sanitização sobre atributos fisico-químicos e microbiológicos de beterrabas minimamente processadas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

OLIVEIRA, Eliane Q. de; BEZERRA NETO, Francisco; NEGREIROS, Maria Zuleide de  e  BARROS JUNIOR, Aurélio P.. Desempenho agroeconômico do bicultivo de alface em sistema solteiro e consorciado com cenoura. Hortic. Bras. [online]. 2004, vol.22, n.4, pp. 712-717. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362004000400009.

Dois experimentos foram implantados de setembro a dezembro/2002, na ESAM (RN), para avaliar o desempenho agroeconômico do bicultivo de dois grupos de alface em sistema solteiro e consorciado com duas cultivares de cenoura em faixas. O delineamento experimental foi de blocos balanceados em grupos, com quatro repetições. Foram avaliadas as cultivares pertencentes aos grupos crespa (Lucy Brown, Tainá, Laurel e Verônica) e lisa (Babá de Verão, Maravilha das Quatro Estações, Elisa e Carolina). No experimento consorciado foi utilizado o esquema de parcelas sub-divididas, onde os tratamentos designados às parcelas foram as cvs. de cenoura Alvorada e Brasília e os designados às sub-parcelas foram as cvs. de alface do grupo crespa e as do grupo lisa. Na alface foi avaliado o rendimento de folhas e na cenoura o rendimento total, comercial e a classe das raízes. Foram usados índices agroeconômicos para medir a eficiência do sistema consorciado: Índice de Uso Eficiente da Terra, Renda Bruta, Renda Líquida, Vantagem Monetária, Vantagem Monetária Corrigida, Taxa de Retorno e Índice de Lucratividade. Não houve interação significativa entre os fatores cvs. de cenoura e cvs. de alface sobre os rendimentos das culturas. As cvs. de cenoura não influenciaram os rendimentos das culturas. As cvs. de alface não afetaram os rendimentos da cenoura. No bicultivo da alface consorciada com cenoura, recomenda-se o emprego das cvs Lucy Brown e Tainá do grupo crespa ou da 'Babá de Verão' e 'Maravilha das Quatro Estações' do grupo lisa no primeiro plantio. No segundo plantio, apenas a cv. do grupo lisa Maravilha das Quatro Estações se sobressaiu das demais no desempenho produtivo em cultivo consorciado.As cultivares de alface do grupo crespa consorciadas com cenoura se sobressaíram daquelas do grupo lisa no desempenho produtivo. Os consórcios cenoura 'Alvorada' x alface 'Lucy Brown'; e cenoura 'Brasília' x alface 'Maravilha das Quatro Estações', tiveram os melhores indicadores agroeconômicos, com índices de uso eficiente da terra de 2,16 e 2,15, taxas de retorno de 2,05 e 2,33, e índices de lucratividade de 53,92% e 59,83%, respectivamente.

Palavras-chave : Daucus carota; Lactuca sativa; eficiência agroeconômica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português