SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número4Estimativa de parâmetros para o planejamento de experimentos com a cultura do pimentão em área restritaResistência de genótipos de batata ao pulgão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

LOGES, Vivian et al. Caracteres de produção da cebola associados à resistência a tripes. Hortic. Bras. [online]. 2004, vol.22, n.4, pp.771-774. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362004000400021.

A variabilidade existente para caracteres de produção associados à resistência a Thrips tabaci (Thysanoptera: Thripidae) foi estimada em 62 progênies de meios irmãos da cv. de cebola ValeOuro IPA-11. As testemunhas foram as cvs. ValeOuro IPA-11 e os seus genitores Roxa IPA-3 e Belém IPA-9. O experimento foi conduzido em condições de campo, em Juazeiro (BA), utilizando delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, 65 tratamentos. As estimativas dos parâmetros para as progênies de ValeOuro IPA-11 indicaram forte interferência ambiental para todos os caracteres. As maiores estimativas das herdabilidades e o ganhos esperados com 20% de pressão de seleção foram, respectivamente, de 35,74% e 10,39% para produção de bulbos comerciais (PBC), de 31,33% e -24,48% para porcentagem de plantas improdutivas (%I), de 33,92% e -16,80% para produção de bulbos não comerciais (PBNC) e de 30,31% e -13,18% para porcentagem de bulbos não comerciais (%BNC). Estes caracteres indicaram maior possibilidade de sucesso com a seleção. O caráter ninfas de T. tabaci nas duas folhas centrais completamente desenvolvidas (NINFA), apresentou coeficientes de herdabilidade de 18,24 e 21,34% e ganho esperado de seleção de -11,22 e -7,41% aos 48 e 69 dias após o transplante (DAT), respectivamente, indicando ganhos superiores em seleções efetuadas aos 69 DAT. Apesar da infestação média de 31,96 NINFA, 45,16% das progênies de ValeOuro IPA-11 apresentaram PBC acima da média, sugerindo que o tipo de resistência envolvida venha a ser por tolerância.

Palavras-chave : Allium cepa; Thrips tabaci; herdabilidade; parâmetros genéticos; tolerância; resistência de plantas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons