SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número3Teor e rendimento de óleo essencial no peso fresco de arnica, em função de calagem e adubaçãoAdaptabilidade e estabilidade fenotípica de genótipos de cenoura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

FARIAS, Maryzélia F. de  e  SAAD, João Carlos C.. Crescimento e qualidade de crisântemo cultivado em vaso sob ambiente protegido . Hortic. Bras. [online]. 2005, vol.23, n.3, pp.740-742. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362005000300010.

O crisântemo (Dendranthema grandiflora) é uma planta ornamental com grande demanda pelo mercado consumidor. Apesar de haver poucas informações sobre a sua exigência hídrica, sabe-se que irrigações deficitárias ou excessivas prejudicam seu desenvolvimento, reduzindo a produtividade e a qualidade. Considerando-se a importância da qualidade para a venda dos produtos florícolas o objetivo desse trabalho foi identificar a tensão de água no substrato (potencial matricial) com melhor crescimento e desenvolvimento do crisântemo, cultivar Rage, em vaso. Os tratamentos foram definidos por 6 níveis de tensão de água no substrato: -2; -3; -4; -6; -10 e -30 kPa. Concluiu-se que a melhor qualidade do crisântemo em vaso pode ser obtida com a tensão de -4 kPa e que, embora a tensão de -30 kPa tenha levado a uma drástica redução na qualidade comercial do crisântemo, a mesma pode ter um efeito benéfico na durabilidade pós- colheita.

Palavras-chave : Dendranthema grandiflora; análise de crescimento; tensão de água no substrato.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons