SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número3Critérios para a determinação da dose de nitrogênio a ser aplicada no tomateiro em ambiente protegido índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

CESAR, Marcius Nei Zanin et al. Desempenho do pimentão em cultivo orgânico, submetido ao desbaste e consórcio. Hortic. Bras. [online]. 2007, vol.25, n.3, pp.322-326. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362007000300002.

As cultivares de pimentão Magali R e Magda Super foram comparadas no sistema orgânico de produção, consorciadas ou não com crotalária (Crotalaria juncea), e sem desbaste de ramos ou desbastadas a partir da terceira ramificação. A produtividade, em frutos de padrão comercial, alcançou média geral de 37 t ha-1, com o máximo próximo de 43 t ha-1. O híbrido Magali R produziu frutos mais pesados e longos do que a cultivar Magda Super. Entretanto, não houve diferença significativa entre as duas cultivares com relação à produtividade. Os frutos, tanto de Magali R quanto de Magda Super, ultrapassaram em média os 10 cm de comprimento mínimo para atingir a cotação " extra" de mercado. O número de frutos por planta aumentou nas parcelas não desbastadas, independentemente do consórcio. O desbaste de ramos reduziu o diâmetro basal médio, mas elevou o peso médio dos frutos, não influindo porém na produtividade. O híbrido Magali R apresentou apenas 15% de plantas com sintomas de mosaico, ao final do ciclo produtivo, contra 38% referentes à cv. Magda Super. O consórcio com a leguminosa resultou em ganho de produtividade e aumentou o comprimento dos frutos. Com a inclusão da crotalária, houve incremento do teor de nitrogênio nos frutos, bem como da quantidade desse elemento exportada na colheita.

Palavras-chave : Capsicum annuum; cultivo orgânico; adubação verde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons