SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número3Utilização de compostos orgânicos como substratos na produção de mudas de hortaliçasEficiência e efeito residual de biofertilizantes de rochas com PK e enxofre com Acidithiobacillus em alface índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

MAY, André et al. Efeitos de doses de nitrogênio e potássio e densidade populacional sobre a classificação de bulbos de cebola. Hortic. Bras. [online]. 2007, vol.25, n.3, pp.396-401. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362007000300015.

O efeito de doses de nitrogênio e de potássio e da população de plantas foi avaliado na classificação de bulbos de duas cultivares de cebola. Os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial 2 x 4 x 4 x 4, correspondentes a, respectivamente, cultivares (Optima e Superex), nitrogênio (0; 50; 100 e 150 kg ha-1 de N), potássio (0; 75; 150 e 225 kg ha-1 de K2O) e população de plantas (60; 76; 92 e 108 plantas m-2). O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, com quatro repetições. Os fertilizantes utilizados foram nitrato de amônio e cloreto de potássio para o fornecimento de N e K, respectivamente. A aplicação de nitrogênio e de potássio reduziu para aproximadamente zero a porcentagem de bulbos não-comerciais para as duas cultivares. A maior percentagem de bulbos com diâmetro transversal entre 50 e 70 mm foi alcançada com 60 plantas m-2 e com a aplicação de 150 kg ha-1 de N, principalmente para a Superex. As maiores porcentagens de bulbos duplos ocorreram na cultivar Superex, com a aplicação de 150 kg ha-1 de N (17% do total de bulbos produzidos) e sob população de 60 plantas m-2 (22% do total de bulbos).

Palavras-chave : Allium cepa L.; fertilização; população de plantas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons