SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Quality of minimally processed onions stored under refrigerationA reliable begomovirus inoculation method for screening Lycopersicon esculentum lines author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

MIGUEL, Ana Carolina Almeida; DIAS, João Ricardo Pecini Stein  and  SPOTO, Marta Helena Fillet. Efeito do cloreto de cálcio na qualidade de melancias minimamente processadas. Hortic. Bras. [online]. 2007, vol.25, n.3, pp. 442-446. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362007000300023.

Foi avaliada a qualidade de melancias minimamente processadas, tratadas com cloreto de cálcio, durante o armazenamento sob refrigeração. Utilizaram-se melancias 'Crimson Sweet', maduras, adquiridas no comércio de Piracicaba, SP, oriundas do Rio Grande do Sul. Os frutos foram lavados e desinfetados com água clorada (200 mg L-1). A polpa foi cortada em cubos (2,5 cm de aresta), os quais foram imersos, por 3 min nas soluções que corresponderam aos tratamentos, imersão em água pura (controle), solução de cloreto de cálcio a 1%. Em seguida foram escorridos por 3 min, acondicionados em copos de tereftalato de polietileno (PET) transparente de 450 mL de capacidade, com tampa, e armazenados sob refrigeração a 10,0 ± 3,2°C e 79% UR. A cada dois dias, os pedaços foram avaliados sensorialmente e quanto à perda de massa fresca, aparência, coloração interna, textura, teores de sólidos solúveis (SS) e de acidez titulável (AT), pH, relação SS/AT e conteúdos de ácido ascórbico e de pectinas, solúvel e total. O uso da solução de cloreto de cálcio promoveu maior firmeza na textura de melancias minimamente processadas, porém não se mostrou efetivo no prolongamento da vida útil, que foi de 2 dias do ponto de vista sensorial.

Keywords : Citrullus vulgaris; " fresh-cut"; processamento mínimo; armazenamento.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese