SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Registro e proteção de cultivares pelo setor público: a experiência do programa de melhoramento de Capsicum da Embrapa HortaliçasDesempenho e qualidade de frutos de tomateiro em cultivo protegido com diferentes números de hastes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

RESENDE, Geraldo M de; COSTA, Nivaldo Duarte  e  PINTO, José Maria. Rendimento e conservação pós-colheita de bulbos de cebola com doses de nitrogênio e potássio. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.2, pp.139-143. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000200003.

O experimento foi conduzido de março a novembro de 2001, em Petrolina-PE, com o objetivo de avaliar a influência de doses de nitrogênio e potássio aplicadas via fertirrigação sobre o rendimento e conservação pós-colheita da cebola. Utilizou-se a cultivar Franciscana IPA-10, no delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 4 x 3, compreendendo quatro doses de nitrogênio (0; 60; 120 e 180 kg ha-1) e três doses de potássio (0; 90 e 180 kg ha-1 de K2O), com três repetições. A adubação nitrogenada apresentou efeitos lineares positivos na produtividade comercial independente da adubação potássica. Para a produtividade não comercial (refugos) constataram-se reduções lineares na ausência da adubação potássica e nas doses de 90 e 180 kg ha-1 de K2O, com o incremento das doses de nitrogênio. O aumento das doses de nitrogênio proporcionou um incremento linear na massa fresca dos bulbos. Não se constataram efeitos significativos para perda de massa aos 40 e 80 dias após cura, com a aplicação de nitrogênio e potássio.

Palavras-chave : Allium cepa; cultivo de inverno; produtividade; adubação NK.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons