SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Fertilização de cobertura com boro e potássio na nutrição e produtividade da batata-doceDinâmica populacional de Bemisia tabaci biótipo B em tomate monocultivo e consorciado com coentro sob cultivo orgânico e convencional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

ECHER, Fábio R; DOMINATO, Júlio C  e  CRESTE, José E. Absorção de nutrientes e distribuição da massa fresca e seca entre órgãos de batata-doce. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.2, pp.176-182. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000200010.

A marcha de absorção estuda a relação existente entre a quantidade de nutrientes, o acúmulo de massa seca e a idade da planta. O objetivo deste trabalho foi determinar a marcha de absorção de nutrientes e a produção de massa fresca e seca dos órgãos da batatadoce, cultivar Canadense. O experimento foi conduzido entre os meses de agosto e dezembro de 2007, em lavoura comercial, em Presidente Prudente-SP. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com três repetições. Os tratamentos consistiram em oito épocas de coleta iniciadas aos 40 dias após o transplantio, com intervalo entre coletas de 15 dias. As raízes tuberosas proporcionaram maior produção de massa fresca e seca no momento da colheita em relação aos demais órgãos. O N e o Mn foram os macro e micronutrientes mais absorvidos pelas folhas, ramas e raízes tuberosas de batata-doce, enquanto na raiz, observou-se maior absorção de Ca e Mn. O período de maior absorção de N e K pelas raízes tuberosas foi entre 115-145 e 115-130 dias após o transplantio, respectivamente.

Palavras-chave : Ipomoea batatas; extração de nutrientes; produção de biomassa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons