SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Crescimento, nutrição e produção de berinjela cultivada com esterco bovino e termofosfato magnesiano associados à urina de vacaInconsistência do controle biológico de Meloidogyne incognita raça 2 em meloeiro por bactérias endofíticas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

BIASI, Luiz Antonio et al. Tipos de cobertura do solo e épocas de colheita na produção de melissa. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.3, pp. 314-318. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000300009.

Avaliou-se o efeito de diferentes tipos de cobertura do solo e épocas de colheita sobre a produção de biomassa e o rendimento de óleo essencial de Melissa officinalis. O experimento foi conduzido na Estação Experimental do Canguiri da UFPR, no município de Pinhais-PR, de novembro de 2005 a maio de 2006. Os tratamentos testados foram acículas de pinus, plástico preto e a testemunha sem cobertura. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso em arranjo de parcelas subdivididas no tempo, com seis repetições e 20 plantas por parcela. Foram feitas três colheitas, aos 84, 134 e 191 dias após o plantio, sendo o corte dos ramos feito a 10 cm do solo. Foram avaliados a massa fresca e seca por planta e por hectare e o teor de óleo essencial por hidrodestilação. Não houve efeito significativo da interação entre coberturas do solo e épocas de colheita sobre as características analisadas. Houve decréscimo na produção de biomassa na terceira colheita, uma vez que o rendimento médio de massa seca que foi de 976 e 1135 kg ha-1 na primeira e segunda colheitas, respectivamente, reduziu para 781 kg ha-1 na terceira. O rendimento de óleo essencial também reduziu com as colheitas sucessivas, cujos valores médios foram de 4,63; 2,97 e 0,43 L ha-1 na primeira, segunda e terceira colheitas, respectivamente. Concluiu-se que a cobertura do solo com acículas de pinus e plástico preto não interferiram no rendimento de biomassa e de óleo essencial da M. officinalis. O crescimento e o acúmulo de óleo essencial da M. officinalis reduzem nas colheitas realizadas no outono na região de Pinhais-PR.

Palavras-chave : Melissa officinalis; planta medicinal; óleo essencial; cobertura morta.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português