SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Famílias F4 de alface de folhas crespas tolerantes ao florescimento precoce e homozigotas para resistência à Meloidogyneincognita Raça 1Resistência de genótipos de tomateiro a Bemisia tabaci biótipo B, mediada por acilaçúcares índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

CARRER FILHO, Renato; ROMEIRO, Reginaldo S; AMARAL, Livio S  e  GARCIA, Flávio AO. Potencialidade de um actinomiceto de rizosfera de tomateiro como agente de biocontrole de doenças. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.3, pp.340-344. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000300014.

Um actinomiceto (Streptomyces setonii, isolado 'UFV-RD1'), obtido de rizosfera de planta sadia de tomateiro, foi selecionado dentre outros 117, como promissor agente de biocontrole de enfermidades da cultura. Em testes de antagonismo in vitro contra patógenos do tomateiro, o isolado 'UFV-RD1' foi incapaz de inibir o crescimento de bactérias (Pseudomonas syringae pv. tomato, Ralstonia solanacearum, Pectobacterium carotovorum subsp. carotovorum, Xanthomonas campestris pv. vesicatoria) mas inibiu a germinação de conídios de alguns fungos (Alternaria solani, Phytophthora infestans, Corynespora cassiicola, Stemphylium solani). Em ensaios de biocontrole experimental in vivo, em casa de vegetação, o actinomiceto foi efetivo em reduzir a severidade de sintomas no caso de patógenos fúngicos e bacterianos testados como desafiantes. A campo, quando A. solani e P. infestans ocorreram naturalmente, as plantas originárias de sementes microbiolizadas com propágulos da estirpe 'UFV-RD1' exibiram sintomas menos severos que as plantas controle para o caso da pinta preta. O agente de biocontrole é promissor para futuros protocolos de manejo integrado, como forma de reduzir a quantidade de defensivos utilizados.

Palavras-chave : Streptomyces setonii; antagonismo microbiano; indução de resistência; controle biológico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons