SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Resistência de cultivares de abobrinha italiana a Aphis gossypiiInfluência da cobertura vegetal com alface sobre os parâmetros de eficiência e uniformidade da aspersão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

MELO, Roberto de A et al. Caracterização morfológica de genótipos de coentro. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.3, pp. 371-376. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000300021.

Poucas cultivares de coentro (Coriandrum sativum L.) estão disponíveis aos produtores e, em algumas regiões, cultivam-se genótipos de origem desconhecida, mantidos pelos próprios hortelãos. Para conservar as cultivares tradicionais é necessário não só coletá-las e conservá-las, mas também caracterizá-las. Dessa forma, este trabalho teve por objetivo determinar caracteres morfológicos para diferenciar genótipos de coentro no processo de registro de cultivares. Foram realizados dois experimentos, ambos em blocos casualizados, com cinco repetições. As cultivares Americano, Asteca, Palmeira, Português, Santo, Supéria, Tabocas, Tapacurá e Verdão, além da linhagem HTV-9299 foram analisadas para caracteres de fruto, plântula, folhas, folíolos e flores. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância univariada. A cultivar Palmeira apresentou frutos de maior tamanho e massa. Já para antocianina a cultivar Americano apresentou menor intensidade, ou praticamente ausência do pigmento tanto nas plântulas quanto nas plantas, ao contrário da cultivar Tabocas que apresentou maior intensidade. As cultivares Americano, Tabocas, Palmeira, Asteca, Verdão e Tabocas e a linhagem HTV-9299 possuem maior número de folhas basais, no entanto, as cultivares que produziram maior quantidade de massa por planta foram Tabocas, Palmeira, Verdão, HTV-9299 e Tapacurá. A cultivar Americano possui folíolo verde claro pouco amarelado, a linhagem HTV-9299 folíolo verde e a cultivar Tabocas folíolo verde escuro. Os descritores morfológicos com maior poder discriminatório para o grupo de dez cultivares avaliadas foram tamanho e massa de fruto; antocianina na plântula e planta; número de folhas basais; comprimento da quinta folha; tamanho e coloração de folíolo; número de dias para pendoamento e abertura da primeira flor e massa da planta fresca.

Palavras-chave : Coriandrum sativum L; descritores morfológicos; proteção varietal; condimento; ervas aromáticas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português