SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Single head broccoli cultivars production in summer under no-tillageProductivity of lettuce and rocket in intercropping system under organic and mineral fertilization author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

PAULUS, Dalva; DOURADO NETO, Durval; FRIZZONE, José Antônio  and  SOARES, Tales M. Produção e indicadores fisiológicos de alface sob hidroponia com água salina. Hortic. Bras. [online]. 2010, vol.28, n.1, pp. 29-35. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362010000100006.

O uso de água salina na produção de hortaliças constitui no momento atividade essencial, tendo em vista o aumento da demanda de água doce, tanto pela atividade agrícola quanto pelo abastecimento urbano e industrial. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e os indicadores fisiológicos de alface cultivada em hidroponia com a utilização de água salina. O experimento foi conduzido em ambiente protegido, em Piracicaba-SP. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo estudados os efeitos de cinco níveis de salinidade da água de irrigação, utilizando-se NaCl [Condutividade elétrica (Cea): 0,42, 1,53, 3,52, 5,55 e 7,43 dS m-1] em duas cultivares de alface (Verônica e Pira Roxa), em esquema fatorial. Foram determinadas massa fresca e seca de folhas, caule, raízes e da parte aérea; teor de nitrato, prolina e clorofila. O aumento da salinidade da água reduziu linearmente as massas fresca e seca das folhas, caule, raízes e da parte aérea. As massas fresca e seca foram 36% e 57% superiores na cultivar Verônica, respectivamente. A cultivar Pira Roxa apresentou maior teor de nitrato 25% (3008 mg L-1), clorofila total 50% (1,46 mg g-1massa fresca) e prolina, 71,43% (0,21 µM g-1massa fresca-1) em relação à Verônica, o que pode ser um mecanismo de adaptação daquela cultivar ao estresse salino. Com relação à produtividade comercial, obteve-se uma perda de 69 e 64% para as cultivares Pira Roxa e Verônica, quando se utilizou água mais salina (7,43 dS m-1). Em relação à produção de massa seca, a perda pelo uso dessa água foi de 53% e 44%, respectivamente. Os resultados obtidos em sistema de cultivo hidropônico podem indicar a possibilidade do uso da água salina como alternativa para produção de hortaliças para produtores que têm disponibilidade de água salina e restrita disponibilidade de água doce, embora com redução na produtividade.

Keywords : Lactuca sativa; salinidade; solução nutritiva.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese