SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1Single head broccoli cultivars production in summer under no-tillageProductivity of lettuce and rocket in intercropping system under organic and mineral fertilization author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

PAULUS, Dalva; DOURADO NETO, Durval; FRIZZONE, José Antônio  and  SOARES, Tales M. Produção e indicadores fisiológicos de alface sob hidroponia com água salina. Hortic. Bras. [online]. 2010, vol.28, n.1, pp.29-35. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362010000100006.

O uso de água salina na produção de hortaliças constitui no momento atividade essencial, tendo em vista o aumento da demanda de água doce, tanto pela atividade agrícola quanto pelo abastecimento urbano e industrial. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e os indicadores fisiológicos de alface cultivada em hidroponia com a utilização de água salina. O experimento foi conduzido em ambiente protegido, em Piracicaba-SP. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo estudados os efeitos de cinco níveis de salinidade da água de irrigação, utilizando-se NaCl [Condutividade elétrica (Cea): 0,42, 1,53, 3,52, 5,55 e 7,43 dS m-1] em duas cultivares de alface (Verônica e Pira Roxa), em esquema fatorial. Foram determinadas massa fresca e seca de folhas, caule, raízes e da parte aérea; teor de nitrato, prolina e clorofila. O aumento da salinidade da água reduziu linearmente as massas fresca e seca das folhas, caule, raízes e da parte aérea. As massas fresca e seca foram 36% e 57% superiores na cultivar Verônica, respectivamente. A cultivar Pira Roxa apresentou maior teor de nitrato 25% (3008 mg L-1), clorofila total 50% (1,46 mg g-1massa fresca) e prolina, 71,43% (0,21 µM g-1massa fresca-1) em relação à Verônica, o que pode ser um mecanismo de adaptação daquela cultivar ao estresse salino. Com relação à produtividade comercial, obteve-se uma perda de 69 e 64% para as cultivares Pira Roxa e Verônica, quando se utilizou água mais salina (7,43 dS m-1). Em relação à produção de massa seca, a perda pelo uso dessa água foi de 53% e 44%, respectivamente. Os resultados obtidos em sistema de cultivo hidropônico podem indicar a possibilidade do uso da água salina como alternativa para produção de hortaliças para produtores que têm disponibilidade de água salina e restrita disponibilidade de água doce, embora com redução na produtividade.

Keywords : Lactuca sativa; salinidade; solução nutritiva.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License