SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Produtividade e qualidade de tomate produzido em substratos e com aplicação de ácidos húmicosNovas raças de Bremia lactucae, agente causador do míldio da alface, identificadas no estado de São Paulo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

RUBIO, José S et al. Produção de pimentão cultivado em substrato em resposta à salinidade, manejo da solução nutritiva e sistema de condução. Hortic. Bras. [online]. 2011, vol.29, n.3, pp. 275-281. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362011000300003.

Este experimento teve como objetivo avaliar a produção comercial de pimentão doce (Capsicum annuum cv. Orlando) em função do manejo da solução nutritiva, da salinidade e do sistema de condução. As plantas de pimentão doce foram cultivadas em substrato de fibra de coco em casa de vegetação no sudeste da Espanha. Um experimento no delineamento de blocos casualizados em parcelas sub-subdivididas, com quatro repetições, foi utilizado para testar os efeitos da concentração da solução nutritiva (Hoagland completa ou meia-força iônica), sistemas de condução (dois ou três ramos por planta) e a salinidade da água (salina ou não salina) sobre o rendimento total e comercial, a qualidade dos frutos e a concentração de nutrientes minerais nos frutos. A salinidade diminuiu o rendimento dos frutos devido à menor massa da matéria fresca dos frutos, mas não diminuiu o número de frutos por planta. Tanto na presença como na ausência da salinidade, o maior rendimento de frutos foi obtido pelas plantas irrigadas com solução nutritiva de Hoagland meia força e conduzidas com três hastes por planta. A incidência de podridão apical aumentou com o aumento da condutibilidade elétrica na solução nutritiva e diminuiu na solução de Hoagland meia força. A salinidade diminuiu a qualidade dos frutos em todos os tratamentos devido à diminuição nos teores de PO42-, SO42-, Fe2+;3+, Cu1+;2+ e Mn2+, além do índice de formato do fruto. Da mesma maneira, as plantas salinizadas e irrigadas com a solução de Hoagland meia força e conduzidas com três hastes apresentaram menor concentração de glicose e de frutose na polpa do fruto. Com base nestes resultados, o rendimento comercial poderia ser aumentado com água não salina ou com salinidade moderada mediante a implementação de práticas culturais adequadas.

Palavras-chave : Capsicum annuum; hidroponia; práticas culturais; rendimento comercial do fruto.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês