SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue1Dynamics of matric potential on substrates of pine and coconut under the action of capillarityMicropropagation of Homalomena pineodora Sulaiman & Boyce (Araceae): a new species from Malaysia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

ROCHA, Artur BO et al. Resistência de clones de batata a Bemisia tabaci biótipo B. Hortic. Bras. [online]. 2012, vol.30, n.1, pp. 32-38. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000100006.

Avaliou-se a resistência de 30 genótipos de batata a B. tabaci (Genn.) biótipo B (Hemiptera: Aleyrodidae) em casa de vegetação, por meio de três experimentos. No primeiro com chance de escolha, foi em blocos ao acaso, 30 tratamentos e três repetições. Avaliou-se a atratividade para adultos, a preferência para oviposição e a densidade de tricomas simples e glandulares. Os sete genótipos com menor oviposição, juntamente com o padrão de resistência 'Achat', e o mais ovipositado foram selecionados para os experimentos seguintes, nos quais se avaliou a preferência para oviposição sem chance de escolha e para o acompanhamento do período de desenvolvimento ovo-adulto, ambos em blocos ao acaso, nove tratamentos e cinco repetições. Na avaliação de atratividade, após 72 horas, HPC 5B e BAP 82 tiveram o menor número de adultos, enquanto que NYL 235-4 e MAC 2 foram os mais atrativos. Neste mesmo experimento, os genótipos HPC 6R, BACH 4, Clone APTA 2135, HPC 9B, BAP 82, 'Baraka' e HPC 5B foram os menos ovipositados. O genótipo NYL 235-4 mostrou alta densidade de tricomas simples (TS) e glandulares (TG), enquanto os genótipos CH 2, 'Santé' e 'Caesar' tiveram alta densidade de TS, e HPC 9B, 'Radosa', 'Cupido', 'Caesar', 'Saginaw Gold', BACH 3 e HPC 1B para TG revelaram menor pilosidade. Houve correlação significativa entre atratividade para adultos e preferência para oviposição. No experimento sem chance de escolha, os genótipos BACH 4, HPC 9B, 'Baraka' e 'Achat' foram menos ovipositados, caracterizando-se como portadores de resistência do tipo não-preferência para oviposição. Quanto ao período de desenvolvimento ovo-adulto, as médias não diferiram entre os genótipos, variando de 34,4 a 36,6 dias. Observou-se para os genótipos BAP 82, 'Baraka' e BACH 4 o menor número de adultos emergidos, sugerindo a presença de antibiose. Com base nos três experimentos, os clones 'Baraka' e BACH 4 destacaram-se como os mais resistentes a B. tabaci biótipo B.

Keywords : Solanum tuberosum; Aleyrodidae; mosca-branca; resistência de plantas a insetos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese