SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue1Genetic diversity of tropical-adapted onion germplasm assessed by RAPD markersAccumulation of nutrients in sweet peppers cultivated in coconut fiber author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

TAVARES, Armando R et al. Crescimento in vitro de orquídea em função de diferentes concentrações de nitrogênio no meio de cultura. Hortic. Bras. [online]. 2012, vol.30, n.1, pp. 119-124. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000100020.

O cultivo in vitro de plantas é o principal método de propagação das plantas da família Orchidaceae, sendo o nitrogênio o nutriente de maior importância dos meios de cultivo. O estudo teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes concentrações de N através de balanço iônico do meio de Murashige & Skoog (MS-1962) no crescimento in vitro da orquídea Phalaenopsis amabilis. Plantas com 360 dias foram cultivadas em meio MS líquido, modificado com 7,5, 15, 30, 45 e 60 mM N. Após 180 dias avaliou-se o comprimento da planta, número de folhas e raízes, comprimento da raiz e as massas fresca e seca de folhas, raízes e total. Os tratamentos foram dispostos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições e parcelas de cinco frascos, com três explantes cada. A menor concentração de N (7,5 mM) no meio MS induziu o desenvolvimento de raízes em comprimento, número e massas fresca e seca. A concentração de 30 mM de N estimulou a emissão de folhas e o acúmulo de massa seca de folhas. A concentração original de nitrogênio no meio MS (60 mM) mostrou ser excessiva para o crescimento de P. amabilis cultivada in vitro.

Keywords : Phalaenopsis amabilis; MS; nutrição mineral; nitrogênio.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English