SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue3Production and acceptability of carrot under organic cultivation in winter and summerReaction of melon accessions to crater rot and resistance inheritance author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

RIBEIRO, Hudson B et al. Resíduos de frutos de pequi no controle do nematóide das galhas em tomateiro. Hortic. Bras. [online]. 2012, vol.30, n.3, pp. 453-458. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000300016.

Durante a extração do mesocarpo interno do pequi que corresponde à parte comestível e possui valor comercial, são descartados no ambiente o exocarpo e o mesocarpo externo. Objetivou-se neste trabalho investigar o uso do extrato aquoso e do pó moído dos resíduos de pequi no controle do nematóide das galhas (Meloidogyne javanica). Do exocarpo e do mesocarpo externo foram obtidos extrato aquoso e o pó moído. Cinco doses do extrato aquoso (0,0; 2,5; 5; 10 ou 20%) foram avaliadas quanto ao efeito na eclosão e mortalidade de juvenis de segundo estádio (J2) do nematóide das galhas in vitro. Os ensaios foram montados em delineamento inteiramente casualizado com 10 repetições por tratamento. O teste de eclosão foi feito em câmaras de eclosão às quais foram adicionados 800 ovos do nematoide e 10 mL das diferentes doses do extrato. Durante 14 dias contou-se o número de J2 eclodidos com auxílio do microscópio ótico. O ensaio de mortalidade de J2 do nematóide das galhas foi avaliado colocando-se 100 μL de cada dose do extrato em cada célula da placa Elisa e 20 μL contendo 20 J2. Após 24 h contou-se o número de nematoides vivos e mortos. O pó de pequi moído foi testado em tomateiro em casa de vegetação em quatro doses (0; 7,5; 15 ou 30 g/4 kg de solo) em delineamento em blocos ao acaso com 10 repetições por tratamento. O pó de pequi foi incorporado sete dias antes do plantio do tomateiro e a inoculação de ovos do nematoide foi feita após o plantio. Após 40 dias foram avaliados: o número de galhas, massas de ovos, ovos por raiz e J2/200 cm3 de solo e altura e peso de massa seca de parte aérea do tomateiro. O extrato aquoso reduziu significativamente a eclosão e aumentou a mortalidade de J2 do nematóide das galhas. O aumento das doses do pó reduziu o número de galhas, massas de ovos e ovos do nematóide das galhas por sistema radicular, bem como o peso da massa seca de parte aérea e da altura do tomateiro os quais são indicativos de fitotoxicidade.

Keywords : Meloidogyne javanica; Caryocar brasiliense; composto orgânico.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese