SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue3Priming and drying on the physiological quality of eggplant seedsInfluence of pollinators on seed production and quality of carrot and sweet pepper in a greenhouse author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536

Abstract

PEREIRA, Ricardo B et al. Resistência de populações de cenoura à queima-das-folhas com diferentes níveis de germoplasma tropical. Hortic. Bras. [online]. 2012, vol.30, n.3, pp. 489-493. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362012000300022.

A queima-das-folhas é responsável por perdas significativas na produção de cenoura e a resistência genética é uma das formas mais eficientes de controle da doença. Objetivou-se com este trabalho avaliar a resistência de progênies de populações de cenoura à queima-das-folhas com diferentes níveis de germoplasma tropical. Foram avaliadas as populações 561, 586 e 587 e como testemunhas as cultivares comerciais, Juliana e BRS Planalto. Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados, com duas repetições e parcela de 1,2 m2. A doença ocorreu de forma natural no campo e foi avaliada a cada cinco dias, a partir dos 72 dias após a semeadura. As populações 561, 586 e 587 e a cultivar BRS Planalto apresentaram severidades semelhantes e inferiores às cultivares Brasília e Juliana, as quais não diferiram entre si. Não foram observadas diferenças significativas na produção comercial e total de raízes. Nas análises realizadas entre as progênies dentro de cada população e as testemunhas não foram observadas diferenças na produção comercial e total de raízes. Com relação à severidade, as progênies da população 561 e 586 e BRS Planalto não diferiram entre si e apresentaram maiores níveis de resistência que Brasília e Juliana. Contudo, uma progênie da população 586 apresentou resistência intermediária. Dez de 15 progênies da população 587 apresentaram níveis de resistência semelhantes à BRS Planalto, enquanto cinco apresentaram resistência semelhante à Brasília e Juliana. Esta maior variabilidade fenotípica indica seu potencial para a obtenção de ganho genético para resistência à queima-das-folhas. A produção de raízes comerciais e totais das populações 561 e 586 apresentaram correlação negativa com a severidade da doença. Tais resultados indicam que a resistência à queima-das-folhas atribui-se, majoritariamente, ao germoplasma tropical, observado em maior quantidade na população 561, cerca de 87,5%.

Keywords : Daucus carota; Alternaria dauci; Cercospora carotae; Xanthomonas hortorum pv. carotae.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese