SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1Produtividade da batata irrigada por gotejamento no sul do estado de Minas ge0raisDoses de resíduos foliares de carnaubeira e rendimentos do milho índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

CASTOLDI, Renata et al. Obtenção de progênies de alface crespa resistentes ao míldio. Hortic. Bras. [online]. 2014, vol.32, n.1, pp.69-73. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362014000100011.

A alface é a hortaliça folhosa mais consumida no Brasil. No entanto, a dificuldade em produzi-la vem aumentando, principalmente pela infestação das áreas de produção por Bremia lactucae, sendo o uso de cultivares com resistência horizontal, a alternativa mais viável no controle da doença. Diante do exposto, o objetivo do presente trabalho foi obter progênies de alface crespa resistentes às raças de míldio SPBl:01, SPBl:02, SPBl:03, SPBl:04, SPBl:05, SPBl:06 e SPBl:07. O trabalho de melhoramento consistiu de duas etapas: cruzamento dos parentais para obtenção das progênies de alface crespa resistentes e teste de resistência das progênies às raças de B. lactucae. Os parentais utilizados na obtenção das progênies resistentes foram Argeles e linhagem JAB 4-13-7, visando a obtenção de progênies de alface do tipo crespa, com os fatores de resistência R-18 e R-38. Para tanto, adotou-se o método genealógico, tendo como padrão, para as seleções, a cultivar Hortência e o genótipo JAB 4-13-7. Após a seleção e autofecundação das plantas no campo, efetuou-se o teste de resistência ou suscetibilidade, por meio da inoculação nas progênies oriundas dos cruzamentos, de uma mistura de água destilada + esporângios de B. lactucae das raças SPBl:01, SPBl:02, SPBl:03, SPBl:04, SPBl:05, SPBl:06 e SPBl:07 obtidas de isolados coletados nos anos de 2008 a 2010. Quinze dias após a inoculação, as plântulas foram selecionadas, descartando aquelas que possuíam esporulação e pontos necróticos causados por B. lactucae. Pelo método genealógico, selecionaram-se 69 progênies F3 com boas características agronômicas. No entanto, após o teste de resistência ou suscetibilidade, somente 19 apresentaram todas as plantas resistentes ao míldio.

Palavras-chave : Lactuca sativa; fatores de resistência; Bremia lactucae.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )