SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número1Crescimento da batateira em sistema de preparo profundo de solo e sucessão de poáceasFenotipagem e seleção de genitores em acessos de pimentas para fins ornamentais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

BALDIN, Edson LL et al. Botanical extracts: alternative control for silverleaf whitefly management in tomato Extratos botânicos: controle alternativo para o manejo de mosca-branca em tomateiro. Hortic. Bras. [online]. 2015, vol.33, n.1, pp.59-65. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-053620150000100010.

Bemisia tabaci (Hemiptera: Aleyrodidae) biótipo B é uma das mais limitantes pragas do tomateiro no mundo. A produção do tomateiro é altamente dependente de inseticidas, ocasionando problemas ao produtor, consumidor e ambiente. Uma alternativa promissora para redução dos efeitos maléficos ocasionados pelo uso indiscriminado de inseticidas sintéticos são os inseticidas de origem botânica. Este trabalho objetivou avaliar o efeito de extratos aquosos a 3% (p/v) de diferentes estruturas de treze espécies botânicas no comportamento dos insetos adultos de B. tabaci biótipo B bem como sua atividade inseticida sobre ovos, ninfas e adultos do inseto em tomate. A água destilada foi utilizada como controle negativo e o inseticida tiametoxam (18 g/100 L de água) como controle positivo. O extrato à base de folhas de Toona ciliata foi o mais eficiente nos testes em que foram avaliados o efeito dos extratos sobre o comportamento da mosca-branca, diminuindo o número de insetos adultos e ovos em folíolos de tomateiro. O extrato de folhas de Piper aduncum apresentou o maior efeito ovicida (78,00% de ninfas não eclodidas), no entanto foi pouco efetivo sobre ninfas e adultos. Os extratos de folhas de Trichilia pallida, Trichilia casaretti e Toona ciliata apresentaram os maiores índices de controle (67,9; 60,3; 55,1%, respectivamente). Para adultos, T. pallida foi o mais eficiente (72,8%). Com base nos resultados, a aplicação dos extratos de T. pallida, T. ciliata e T. casaretti mostra-se promissora no manejo de infestações de B. tabaci biótipo B em tomateiro.

Palavras-chave : Bemisia tabaci; Solanum lycopersicum; Hemiptera; extratos aquosos..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )