SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número1Sistema Viçosa para o cultivo de tomateiroDesempenho agronômico e parâmetros genéticos em genótipos de batata-doce índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536

Resumo

SILVA, Giovani O et al. Rendimento de tubérculos de um clone de batata em função da época de dessecação. Hortic. Bras. [online]. 2015, vol.33, n.1, pp.80-83. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-053620150000100013.

A definição da correta época de dessecação, buscando o equilíbrio entre precocidade e rendimento de tubérculos é importante na produção de batata para comercialização in natura. O objetivo com o presente trabalho foi verificar a precocidade de produção e o potencial produtivo do clone de batata CL02-05. O experimento foi realizado no campo experimental da Embrapa Produtos e Mercado, Canoinhas-SC, no cultivo de primavera ("das águas"). Os tratamentos foram compostos por quatro épocas de dessecação (80, 90, 100 e 110 dias após o plantio) aplicadas no clone CL02-05 e na cultivar Agata (controle). O delineamento experimental foi em blocos casualizados com três repetições. A parcela experimental foi composta por quatro fileiras de 10 plantas. Dez dias após as aplicações do dessecante paraquat (Gramoxone, 2,5 L/ha), as plantas das parcelas foram colhidas e os tubérculos avaliados para caracteres componentes do rendimento. Os dados foram submetidos à análise de variância e de regressão polinomial. Verificou-se que a massa de tubérculos comerciais do clone CL02-05 dessecado aos 90 dias após o plantio (DAP) (20,21 t/ha) foi maior que da 'Agata' dessecada na mesma época (17,84 t/ha) e similar à 'Agata' dessecada aos 100 DAP (20,57 t/ha). Nas dessecações de 100 e 110 DAP a massa comercial do clone CL02-05 (28,32 e 41,25 t/ha) também foi significativamente maior que da 'Agata' (20,57 e 21,61 t/ha). Os resultados sugerem que, comparada à 'Agata' que tem massa de tubérculos comerciais otimizada próximo aos 100 DAP, o clone CL02-05 atinge nível similar já aos 90 DAP, oferecendo maior precocidade de produção. O retardamento da dessecação, no entanto, possibilita incrementos significativos na produção comercial até, pelo menos, os 110 DAP, confirmando o alto potencial produtivo do clone CL02-05.

Palavras-chave : Solanum tuberosum; tubérculos comerciais; massa média de tubérculos..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )