SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número2Identificação e patogenicidade de Pseudomonas cichorii associada ao crestamento bacteriano da gérbera no Distrito FederalDiversidade e métodos de amostragem de Hymenoptera na cultura da melancia no semiárido índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

LOPES, Welder AR et al. Produção de alho submetido a períodos de vernalização e épocas de plantio em região de clima semiárido. Hortic. Bras. [online]. 2016, vol.34, n.2, pp.249-256. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-053620160000200016.

Com o objetivo de avaliar a produção de alho nobre submetido a períodos de vernalização e épocas de plantio, realizou-se um experimento em Baraúna-RN, de maio a outubro de 2012. Os tratamentos foram dispostos no esquema de parcelas subdivididas, delineamento experimental de blocos casualizados completos, com três repetições. Nas parcelas foram alocadas as épocas de plantio (22 de maio, 5 de junho e 23 de junho), e nas subparcelas os períodos de vernalização pré-plantio do alho-semente (4±1°C durante 50, 55, 60, 65 e 70 dias). Foram avaliados comprimento de plantas, número de folhas, ciclo, estande final, massa média de bulbos, percentagem de plantas com bulbos, produtividade total de bulbos, classificação dos bulbos, número de bulbilhos por bulbo e classificação dos bulbilhos. O plantio em 22 de maio proporcionou maiores comprimento de plantas, número de folhas, estande final e massa média de bulbos; o ciclo decresceu com o tempo de vernalização; houve formação de bulbos com diferenciação de bulbilhos em todos os tratamentos sem, entretanto, haver ocorrência de plantas com superbrotamento; a produtividade total de bulbos aumentou com o tempo de vernalização de até 63 dias nos plantios em 22 de maio e 23 de junho, com médias de 5,20 e 3,85 t/ha; a combinação entre o plantio em 22 de maio e 65 dias de vernalização, foi a que proporcionou maior número de bulbilhos por bulbo e maior percentual de bulbos comerciais, distribuídos nas classes 3, 4 e 5. Esses resultados evidenciam ser possível o cultivo de alho nobre na região de Mossoró-RN utilizando o processo de frigorificação do alho-planta.

Palavras-chave : Allium sativum; frigorificação; superbrotamento..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )