SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Produção de mudas de alface em substratos com composto de tungue, casca de arroz carbonizada e húmus de minhocaAltura de lâmina e tempo de permanência de água na umidade de substratos em subirrigação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

AMARO, Geovani B et al. Desempenho agronômico de híbridos experimentais de abóbora Tetsukabuto para características dos frutos. Hortic. Bras. [online]. 2017, vol.35, n.2, pp.180-185. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/s0102-053620170205.

O cultivo de abóboras (Cucurbita moschata) e morangas (Cucurbita maxima) apresenta grande importância econômica e social no Brasil. Nas últimas décadas, a região do Brasil Central tem se consolidado como um polo emergente de cultivo e comercialização dessas hortaliças. Dentre as cultivares mais comercializadas no país se destaca o híbrido interespecífico conhecido como ‘Tetsukabuto’ ou ‘Cabotiá’ originado entre o cruzamento de uma linhagem feminina de C. maxima com uma linhagem masculina de C. moschata. O objetivo do trabalho foi avaliar o desempenho agronômico de híbridos experimentais interespecíficos tipo Tetsukabuto em condições do Planalto Central do Brasil por meio da avaliação direta e a correlação entre as características dos frutos. Foi avaliado um conjunto de 35 combinações híbridas interespecíficas (C. maxima x C. moschata), empregando como linhagem maternal elite a moranga CNPH 0739 que foi cruzada com uma coleção de 35 linhagens de abóboras. O experimento foi conduzido em condições de campo em Brasília-DF. Foram avaliados a produtividade total de frutos, o número de frutos por planta, massa média de frutos, comprimento e largura dos frutos, teor de sólidos solúveis, espessura da polpa e da casca dos frutos. O rendimento foi positivamente correlacionado com maior número de frutos por planta, maior massa, maior espessura de polpa e maior largura de frutos. Plantas com frutos de maior massa apresentaram menores teores de sólidos solúveis. O híbrido experimental CNPH 2377 destacou-se para as características avaliadas e apresentou alta produtividade de frutos com 21,98 t/ha, com peso médio acima de 3 kg, cerca de 4 frutos por planta, com polpa espessa (34,41 mm), casca fina (2,17 mm) e razoável teor de sólidos solúveis (17,01°Brix). Assim, a maior produtividade foi cerca de duas vezes superior àquela do híbrido Jabras (testemunha comercial). Neste contexto, os resultados, obtidos no presente experimento, indicam boas perspectivas no sentido de se obter materiais genéticos do segmento varietal Tetsukabuto, combinando características agronômicas de interesse e melhor aptidão para o cultivo no Brasil Central.

Palavras-chave : Cucurbita maxima; Cucurbita moschata; melhoramento genético; produção; qualidade..

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )