SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue3Post-fertilization development of bovine oocytes pre-matured in follicular fluidMechanical isolation of capuchin monkey (Cebus apella) preantral ovarian follicles author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935

Abstract

SANTOS, M.D. et al. Libido de touros Nelore: efeito da proporção touro: vaca sobre a taxa de gestação. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2003, vol.55, n.3, pp. 293-300. ISSN 0102-0935.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352003000300008.

Estudou-se a influência da libido de touros sobre as taxas de gestação de vacas aos 30, 60 e 90 dias de estação de monta, e avaliaram-se as correlações entre concentração de testosterona, qualidade seminal e libido. Foram selecionados 12 touros (exame andrológico e teste da libido), distribuídos nos tratamentos: T1 e T2, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção touro:vaca de 1:75, e T3 e T4, três com libido baixa e três com libido alta, respectivamente, na proporção de 1:100. Não houve diferença entre touros quanto à concentração de testosterona no soro. Touros com alta libido na proporção 1:75 proporcionaram maior taxa de gestação aos 60 e 90 dias (90,6 e 94,6%, respectivamente) da estação de monta em relação aos de libido baixa na mesma proporção (80,0 e 86,2%, respectivamente). A libido dos touros na proporção 1:100 não influenciou a taxa de gestação. Não se observou efeito da proporção touro:vaca sobre a taxa de gestação e não se observou correlação entre libido, qualidade seminal, circunferência escrotal e concentração sérica de testosterona.

Keywords : bovino; comportamento sexual; fertilidade; testosterona; zebu.

        · abstract in English     · text in Portuguese