SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue3Protein concentrates for bovines: 1. In situ digestibility of dry matter and crude proteinMilk yield of crossbred Holstein ´ Zebu cows supplemented or not with concentrate during the rainy season author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

On-line version ISSN 1678-4162

Abstract

RODRIGUEZ, N.M. et al. Concentrados protéicos para bovinos: 2. Digestão pós-ruminal da matéria seca e da proteína. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. [online]. 2003, vol.55, n.3, pp.324-333. ISSN 1678-4162.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-09352003000300012.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a digestão pós-ruminal de fontes protéicas. Utilizou-se a técnica de sacos de náilon móveis introduzidos no duodeno e colhidos nas fezes. Os alimentos introduzidos no intestino foram anteriormente incubados em sacos de náilon no rúmen ou foram separados das frações solúveis em água. O farelo de soja foi a fonte protéica de maior degradabilidade ruminal (73%) e altíssima digestibilidade intestinal (98%). O glúten de milho foi a fonte protéica menos degradada no rúmen (16%) e sua parcela sobrepassante foi altamente digerida no intestino (95%). Os farelos de algodão e de mamona mostraram características semelhantes com digestibilidade total da proteína de 95% e em torno de 65% de degradabilidade ruminal. O farelo de palmiste foi menos digerido (87% digestibilidade total quando incubado). Farinhas de origem animal foram menos digeridas no intestino e também no rúmen (fora o glúten), com digestibilidades totais de 75% para farinha de carne e ossos, 85% para farinha de penas e vísceras e farinha de peixe I, 67% para farinha de peixe II e apenas 46% para farinha de sangue.

Keywords : bovino; intestino; digestibilidade; bolsa móvel; farelos; concentrado.

        · abstract in English     · text in Portuguese

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License